Dessanilização

As águas cobrem 3/4 da superfície terrestre, mas cerca de 97% destas são salgadas, o que as torna impróprias para consumo humano ou irrigação.
Na natureza, a dessalinização é um processo contínuo e natural, alimentador do Ciclo Hidrológico, que se comporta como um sistema físico, fechado, sequencial e dinâmico. Devido à acção da energia solar, ocorre a evaporação de um grande volume de água dos oceanos, dos mares e dos continentes. Os sais permanecem na solução e os vapores, por condensação, vão formar as nuvens, as quais originam as chuvas e outras formas de precipitação. Esta água doce, por gravidade, volta aos oceanos e mares, alimentando os rios, os lagos, as lagoas, que, devido à dinâmica do processo, reassimilam uma nova carga salina e, assim, todo o ciclo continua. Por necessidade de sobrevivência, o homem copiou a Natureza e desenvolveu métodos e técnicas de dessalinização das águas com elevado conteúdo salino para obter água doce.
O principal problema das tecnologias de dessalinização é conseguir diminuir o custo final da água doce, para que esta possa estar disponível em quantidades suficientes e a preços acessíveis até nas regiões onde ela é escassa.
Conhecidas as necessidades actuais e futuras de água doce, a Green Solutions, acompanha o desenvolvimento tecnológico dos processos de dessalinização de água salgada e oferece soluções de dessalinização solar, viáveis económica e ambientalmente.

Com a tecnologia em constante aperfeiçoamento, e os preços actuais de fontes de combustíveis convencionais a aumentar, pode ser seguro dizer que a dessalinização solar será uma das opções mais eficientes e acessíveis num futuro próximo. A procura de água doce nunca vai acabar, mas com uma mente positiva em relação à tecnologia, a oferta pode ser mantida bem à frente da procura e o futuro pode ser encarado sem o receio de iminente escassez de água.

LinkedIn Facebook